Missão Missão

Promover o desenvolvimento económico sustentado, através da implementação de medidas de dinamização do tecido empresarial, da estimulação, da modernização, da promoção e reforço da competitividade e capacidade produtiva local, bem como da atração de novos investimentos dando visibilidade nacional e internacional ao concelho.

Eixos de atuação Eixos de atuação

  • Empreender – mobilizar e dinamizar o espírito empreendedor;
  • Qualificar – capacitar o tecido empresarial em áreas vitais para os negócios, focado no aumento da produtividade,
  • Globalizar – estimular a internacionalização das empresas e o aumento da visibilidade e notoriedade internacional da oferta de bens e serviços do território.

Projetos Projetos

O projeto UP CÁVADO EMPREENDEDORISMO é apoiado pelo NORTE 2020 e FEDER.


No âmbito do empreendedorismo, o UP Cávado disponibiliza uma estrutura de apoio aos empreendedores/investidores que facilita o acesso às ferramentas, conhecimentos e informações indispensáveis ao processo de empreender. O UP Cávado Empreendedorismo desenvolve várias ações focadas no Ecossistema empreendedor do Cávado, gerando dinâmicas empresariais que tornam mais atrativo o investimento na região.

Ligações úteis Ligações úteis

Marcações Marcações

Para efectuar uma marcação

Contacte-nos pelo 253 310 500 ou vilaverdeincentivamais@cm-vilaverde.pt

Os atendimentos realizam-se preferencialmente às quartas-feiras das 9h30 às 12h30.

As marcações efetuam-se de acordo com disponibilidade de agenda, podendo o horário ser ajustado às necessidades dos agentes económicos.

Para cancelar uma marcação

Caso pretenda cancelar uma marcação, solicitamos um telefonema ou envio de um email até dois dias antes da reunião.

Incentivos e Financiamentos Incentivos e Financiamentos

Voltar

Portugal 2020

O que é?

Trata-se do Acordo de Parceria adotado entre Portugal e a Comissão Europeia, que reúne a atuação dos 5 fundos estruturais e de Investimento Europeus (FEDER, Fundo de Coesão, FSE, FEADER e FEAMP) no qual se definem os princípios de programação que consagram a política de desenvolvimento económico, social e territorial para promover, em Portugal, entre 2014 e 2020.

Estes princípios de programação estão alinhados com o crescimento inteligente, sustentável e inclusivo, prosseguindo a Estratégia Europa 2020.
Portugal receberá 25 mil milhões de euros até 2020, tendo definido os objetivos temáticos para estimular o crescimento e a criação de emprego .

O estímulo à produção de bens e serviços transacionáveis ; o incremento das exportações ; a transferência de resultados do sistema científico para o tecido produtivo ; o cumprimento da escolaridade obrigatória até aos 18 anos; a redução dos níveis de abandono escolar precoce; a integração das pessoas em risco de pobreza e combate à exclusão social; a promoção do desenvolvimento sustentável, numa óptica de eficiência no uso dos recursos; o reforço da coesão territorial, particularmente nas cidades e em zonas de baixa densidade; a racionalização, modernização e capacitação da Administração Pública, são os principais objetivos das políticas a prosseguir no Portugal2020.

Quais são as prioridades de intervenção dos fundos comunitários no período 2014-2020?
A programação e implementação do Portugal 2020 organizam-se em quatro domínios temáticos :

  • Competitividade e Internacionalização;
  • Inclusão Social e Emprego;
  • Capital Humano;
  • Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Considera ainda os domínios transversais relativos à reforma da Administração Pública e à territorialização das intervenções.

Quais as categorias de regiões?

Em termos de elegibilidades para os Fundos Europeus de Investimento (FEDER, FCoesão, FSE, FEADER e FEAMP), as sete regiões de Portugal dividem-se em:

  • Regiões menos desenvolvidas (PIB per capita <75% média UE): Norte, Centro, Alentejo e R.A. Açores - Taxa de cofinanciamento dos Fundos: 85%
  • Regiões em transição (PIB per capita entre 75% e 90%): Algarve - Taxa de cofinanciamento dos Fundos: 80%
  • Regiões mais desenvolvidas (PIB per capita > 90%): Lisboa e Madeira - Taxa de cofinanciamento dos Fundos: 50% (Lisboa) e 85% (RAM)

Como se operacionaliza?

O Portugal 2020 é operacionalizado através de 16 Programas Operacionais a que acrescem os programas de cooperação territorial nos quais Portugal participará a par com outros Estados-Membro:
Quatro Programas Operacionais Temáticos no Continente:

  • Competitividade e Internacionalização
  • Inclusão Social e Emprego
  • Capital Humano
  • Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos

Cinco Programas Operacionais Regionais no Continente:

  • Norte
  • Centro
  • Lisboa
  • Alentejo
  • Algarve

Dois Programas Regionais nas Regiões Autónomas:

  • Açores
  • Madeira

Programas Operacionais de Cooperação Territorial Europeia:

  • Espanha-Portugal
  • Madeira-Açores-Canárias
  • Espaço Atlântico
  • Sudoeste Europeu
  • Mediterrâneo
  • ESPON, URBACT, INTERACT e INTERREG C

Três Programas de Desenvolvimento Rural:

  • Continente
  • Região Autónoma dos Açores
  • Região Autónoma da Madeira

Um Programa para o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP)

Um Programa Operacional de Assistência Técnica

IAPMEI é um dos Organismos Intermédios (OI) do Portugal 2020 em diversas medidas, nomeadamente no Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial e Empreendedorismo (SI Inovação e Empreendedorismo), no Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização das PME (SI Qualificação) e no Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SI I&DT).

Mais informação sobre o Portugal 2020 aqui.


Galeria Galeria

Acolhimento de iniciativa empresarial brasileira   Acolhimento de iniciativa empresarial brasileira      

Acolhimento de iniciativa empresarial brasileira que pretende instalar unidade industrial no concelho.

Apoio no enquadramento legal e no desenvolvimento do modelo de negócio, com visitas a algumas empresas do tecido empresarial local.

Atividades Atividades

Worshop - Empreendedorismo, das ideias à ação

No dia 31 de outubro, decorreu no município de Vila Verde o workshop - Empreendedorismo, das ideia à ação, no qual estiveram presentes cerca de 150 alunos dos cursos profissionais da Escola Secundária de Vila Verde e da Escola Profissional Amar Terra Verde.

Num ambiente descontraído, os alunos puderam assistir a um diálogo franco e interessante entre empreendedores de sucesso, de diferentes setores de atividade, instalados no concelho que, para lá dos soundbites, partilharam as suas experiências.

Worshop - Empreendedorismo, das ideias à ação  Worshop - Empreendedorismo, das ideias à ação 

Worshop - Empreendedorismo, das ideias à ação  Worshop - Empreendedorismo, das ideias à ação

Worshop - Empreendedorismo, das ideias à ação  Worshop - Empreendedorismo, das ideias à ação

Worshop - Empreendedorismo, das ideias à ação

 

O Workshop gera aprendizagem, curiosidade e inspiração junto dos estudantes.

Primeira abordagem de potencial empreendedorismo com um dos jovens participantes.

Espaço do Vila Verde Incentiva +

 

O espaço do Vila Verde Incentiva + ao seu dispor no edifício da Câmara Municipal.

  Espaço do Vila Verde Incentiva +  Espaço do Vila Verde Incentiva +  Espaço do Vila Verde Incentiva +