Pular para o conteúdo

Notícias Notícias

Voltar

Vila Verde põe em marcha Plano Municipal de Trilhos

A Câmara Municipal apresentou hoje um Estudo que sustenta a concretização de um ambicioso Plano Municipal de Trilhos destinado a explorar e valorizar as potencialidades naturais e turísticas do território concelhio.

 

Criação e valorização de redes ecológicas urbano-rurais centradas nas linhas de água

Este Plano, considera que, dadas as caraterísticas do território concelhio, a maior oportunidade reside na criação e valorização de redes ecológicas urbano-rurais centradas nas linhas de água, também designadas infraestruturas verdes.

Em matéria de intervenção, no terreno, preconiza-se a implementação de corredores pedonais e/ou cicláveis e a integração destas infraestruturas verdes com os percursos pedonais de montanha já existentes, assim como com itinerários equestres, de BTT e enduro, com o objetivo de criar uma rede integrada, devidamente enquadrada e, assim, ajustada à realidade do território concelhio.

 

Potenciar a valorização e qualificação do espaço rural

Vila Verde, com este Plano Municipal de Trilhos, irá promover uma maior equidade territorial, construindo e requalificando acessibilidades em sede de excelência ambiental e contexto turístico, no sentido de inverter a tendência para o isolamento das zonas rurais mais periféricas e de promover o tão necessário rejuvenescimento da população.

Este Plano integrado vai potenciar a valorização e qualificação do espaço rural, conciliando a reabilitação de caminhos antigos de floresta, de montanha e das proximidades das zonas ribeirinhas com corredores mais urbanos, nomeadamente ciclovias e passadiços.

 

Mobilidade pedonal, ciclável e equestre

A aposta na mobilidade pedonal, ciclável e equestre vai ganhar uma dinâmica e uma dimensão dignas de registo, criando pontos de enlace entre freguesias, locais e património edificado de relevante interesse para os visitantes e turistas, afirmando-se como um importante catalisador de zonas do território concelhio a braços com uma crescente desertificação.

A elevada qualidade da água dos rios e ribeiras que atravessam o território concelhio e a beleza ímpar das zonas ribeirinhas do Cávado, Homem, Vade, Neiva, Cabra e Tojal, por exemplo, assim como das paisagens de montanha, abrem excelentes perspetivas de sucesso deste plano de investimento na criação de infraestruturas promotoras da mobilidade sustentável em Vil Verde.

Entre as principais intervenções a realizar pontuam a rede de trilhos ribeirinhos (rios Neiva e Vade e ribeiras da Cabra, Tojal, Febros, Poriço), o trilho de Enduro, as rotas BTT, o trilho equestre D. João de Aboim e trilhos pedestres de montanha.

 

Já foi lançado a concurso o projeto “Trilhos da Nóbrega”

O pontapé de saída foi já dado com o lançamento a concurso do projeto “Trilhos da Nóbrega” que contempla a requalificação de trilhos que percorrem as freguesias de Aboim da Nóbrega e Gondomar e Valdreu. Também já estão em fase de arranque de obra as Eco/ciclovias do Cavado/Homem e a ponte pedonal do Cávado.

Este Plano, além do incentivo ao turismo e à prática de montanhismo, tem igualmente em vista a proteção e preservação do meio ambiente, visando a manutenção e proteção dos bosquetes autóctones, salvaguardando a regeneração natural e intervindo no sentido da conservação dos solos, da diminuição da erosão e do risco de incêndios florestais.

 

Maior equidade territorial e reduzir a perda de população nas zonas mais periféricas

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, sublinha que “além da criação de uma rede de trilhos dinamizadora do turismo e da mobilidade urbano-rural, este Plano visa igualmente a realização de intervenções de recuperação de habitats rurais percorridos pelos diferentes trilhos”.

O mesmo Edil sustenta que “este ambicioso plano de intervenção, sobretudo no meio rural, mas também de articulação com as zonas mais urbanizadas, tendo em vista uma maior equidade territorial, irá potenciar a já significativa vocação turística do concelho, ajudar a reduzir a perda de população nas zonas mais periféricas, dinamizar o turismo e a economia locais, potenciando a criação de emprego”.

O Dr. António Vilela lembra ainda que “é fundamental criar condições de competitividade e de atratividade para famílias jovens, abrindo janelas de oportunidade para a revitalização das atividades associadas ao setor primário e criando condições para que o turismo cultural e de natureza, alternativo ao turismo de massas, continue a florescer e a gerar novos postos de trabalho.”

Município de Vila Verde, 28.10.2020

 

GALERIA FOTOGRÁFICA

 


Covid-19 Informação
concursos de admissão de trabalhadores

 

               

 

 Facebook  Flickr  Issuu  YouTube  Instagram  Newsletter - Juntos Fazemos Vila Verde

Presidência Presidência

COVID-19 - “NUNCA COMO AGORA PRECISAMOS DE SI” - Mensagem do Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde

Caras(os) Vilaverdenses,   Enfrentamos, nesta altura, uma segunda vaga da pandemia COVID-19 que está a ter um impacto muito preocupante na saúde de um número crescente de pessoas e reflexos bastante graves na situação económica e social do país. Começo por manifestar a minha...

Documentos recentes Documentos recentes

Divulkgação dos resultados da qualidade da água da rede pública

 

 

FICHA TÉCNICA

Gestão, Conceção e design gráfico
Unidade de Sistemas de Informação e Unidade de Inovação e Conhecimento

M;anutenção, edição e manutenção
Serviços do Município de Vila Verde

 Agradece-se a comunicação de qualquer anomalia técnica ou outro tipo de dificuldade relacionada com a utilização do site. Para o efeito, envie email para helpdesk@cm-vilaverde.pt.
Este projeto foi cofinanciado pelo projeto Cávado Digital MAIS (POVT)

PROTEÇÃO DE DADOS

O Municipio de Vila Verde, na sequência do exercício de funções de interesse público e exercício da autoridade pública, está profundamente empenhado na implementação de processos que recolham e tratem os dados pessoais adequados, pertinentes e limitados ao que é necessário relativamente às finalidades, cumprindo com os princípios de licitude, lealdade, transparência e minimização.

Adicionalmente, são implementadas, e continuamente avaliadas, medidas técnicas e organizativas consideradas adequadas à salvaguarda da informação mantida sob responsabilidade do Município. Os dados pessoais recolhidos serão conservados pelo tempo estritamente necessário, seja para cumprimento de prazo certo expressamente fixado por Lei ou outro proporcional e adequado ao objetivo da recolha.

Os titulares dos dados pessoais, tratados sob responsabilidade do Municipio, podem exercer os direitos de acesso, retificação, oposição, apagamento, limitação e portabilidade, nas situações aplicáveis, por meio de requerimento específico. Existe um Encarregado de Proteção de Dados designado, que pode ser contactado através do email dpo@cm-vilaverde.pt, ou via postal dirigido ao mesmo e endereçado para a morada Praça do Município 40, 4730-728 Vila Verde.

Para mais informações consulte a nossa  Política de Privacidade.

AVISO LEGAL

O Município de Vila Verde, através de seu portal na Web fornece informações de interesse geral do concelho de Vila Verde, em especial, a informação e os esforços da organização municipal. A informação fornecida é atual no momento da sua publicação.
O Município de Vila Verde pretende que esta informação seja exata e precisa e procede à sua atualização com a maior frequência possível, tentando evitar erros e corrigi-los, assim que os deteta. No entanto, o Município de Vila Verde não pode garantir a ausência de erros ou que o conteúdo da informação seja permanentemente atualizado.
O Município de Vila Verde pode levar a cabo a qualquer momento e sem aviso prévio, modificações, supressões ou alterações das informações publicadas ou ser capaz de alterar a configuração ou a apresentação.
O acesso ao portal da Web, bem como a utilização das informações que ele contém, são da exclusiva responsabilidade do utilizador. O Município de Vila Verde não é responsável por quaisquer danos que possam decorrer destes factos, nem pode garantir que o acesso não seja interrompido, ou que o conteúdo ou software acedido esteja livre de erros ou causa de dano.
As informações prestadas em resposta a qualquer pergunta ou pedido de informação são meramente indicativas e em nenhum caso será vinculativa para a resolução de procedimentos administrativos, que são estritamente sujeitos às normas legais ou regulamentares que sejam aplicáveis.
Os conteúdos publicados incluem links para páginas de terceiros, web sites, principalmente de outras entidades públicas, que são considerados como podendo ser de interesse para os utilizadores do Portal. O Município de Vila Verde não assume qualquer responsabilidade derivada das ligações ou do conteúdo desses links.