Pular para o conteúdo

Na Rota das Colheitas Na Rota das Colheitas

Facebook  Flickr  Issuu  YouTube

                      

                                

FICHA TÉCNICA

Conceção geral, design gráfico e execução técnica
Unidade de Inovação e Conhecimento, Unidade de Sistemas de Informação
 
Edição e manutenção
Serviços do Município de Vila Verde
 
Agradece-se a comunicação de qualquer anomalia técnica ou outro tipo de dificuldade relacionada com a utilização do site. Para o efeito, envie email para helpdesk@cm-vilaverde.pt.
Este projeto foi cofinanciado pelo projeto Cávado Digital MAIS (POVT)

PROTEÇÃO DE DADOS

Apenas deve fornecer os dados pessoais necessários para a prestação do serviço solicitado, nomeadamente para ser capaz de aceder a qualquer um dos serviços no sítio que possuam gestão de processos especificos dependentes do utilizador.
Estes dados serão incorporados nos arquivos correspondentes no Município de Vila Verde e serão tratados em conformidade com o regulamento estabelecido por lei.
Os dados recolhidos apenas serão objeto de transferência, sempre que apropriado, com o consentimento da pessoa em questão ou em conformidade com a referida legislação de protecção de dados.
As pessoas cujos dados pessoais, contidos nos ficheiros do Município de Vila Verde, podem exercer os seus direitos de acesso, rectificação, cancelamento e oposição, na forma prevista pela lei, antes do envio para o arquivo.

AVISO LEGAL

O Município de Vila Verde, através de seu portal na Web fornece informações de interesse geral do concelho de Vila Verde, em especial, a informação e os esforços da organização municipal. A informação fornecida é atual no momento da sua publicação.
O Município de Vila Verde pretende que esta informação seja exata e precisa e procede à sua atualização com a maior frequência possível, tentando evitar erros e corrigi-los, assim que os deteta. No entanto, o Município de Vila Verde não pode garantir a ausência de erros ou que o conteúdo da informação seja permanentemente atualizado.
O Município de Vila Verde pode levar a cabo a qualquer momento e sem aviso prévio, modificações, supressões ou alterações das informações publicadas ou ser capaz de alterar a configuração ou a apresentação.
O acesso ao portal da Web, bem como a utilização das informações que ele contém, são da exclusiva responsabilidade do utilizador. O Município de Vila Verde não é responsável por quaisquer danos que possam decorrer destes factos, nem pode garantir que o acesso não seja interrompido, ou que o conteúdo ou software acedido esteja livre de erros ou causa de dano.
As informações prestadas em resposta a qualquer pergunta ou pedido de informação são meramente indicativas e em nenhum caso será vinculativa para a resolução de procedimentos administrativos, que são estritamente sujeitos às normas legais ou regulamentares que sejam aplicáveis.
Os conteúdos publicados incluem links para páginas de terceiros, web sites, principalmente de outras entidades públicas, que são considerados como podendo ser de interesse para os utilizadores do Portal. O Município de Vila Verde não assume qualquer responsabilidade derivada das ligações ou do conteúdo desses links.

Notícias Notícias

Voltar

ROTA DAS COLHEITAS - Loureira revive malhada do feijão no próximo domingo

O segundo fim de semana da Rota das Colheitas está a chegar e é fértil na recriação de práticas agrícolas tradicionais. Depois da malhada de centeio (Aboim, dia 10), chega a vez de ver a forma e a cor do feijão. De 11 a 15 de agosto, a Loureira está em Festa com o Arraial do Emigrante e a 3ª edição da malhada de feijão está agendada para o dia 12 de agosto (domingo) pelas 18h30. O público não precisa de ficar apenas a assistir e, se assim o desejar, também pode malhar e peneirar o feijão à moda antiga. Mais uma iniciativa integrada na programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas, que, de agosto a novembro, se desdobra em dezenas de iniciativas de preservação da cultura popular, divulgação do território e dinamização da economia local.

A gastronomia é um dos atrativos da festa. O domingo começa com pratos bem quentes de feijoada e, só depois, é que começa o encontro de folclore para queimar os excessos do almoço. A seguir, a população será testemunha da verdadeira malhada tal e qual como era feita no passado. Nem mais nem menos. Várias pessoas, muitas de idade avançada, juntam-se e apresentam ao público a arte de manobrar os antigos malhos de madeira. A valentia dos homens não passa ao lado de quem observa e as mulheres, vestidas a rigor, começam a recolher o grão. Primeiro com um ancinho ou vassoura para retirar a parte maior, depois com um crivo para peneirar o feijão com maior minúcia. São elas também que se ocupam de dar vinho verde aos malheiros para que o corpo se refresque de todo o trabalho árduo e do calor intenso. Terminada a malhada, é hora de aconchegar o estômago com a merenda generosa que os minhotos tão bem sabem fazer. O convívio faz-se diante de uma mesa repleta com o destaque para as familiares sopas de burro cansado e muitas cantigas de música popular.

Para o presidente da Junta de Freguesia da Loureira, a iniciativa é uma prova viva como a tradição não desapareceu: “não podemos deixar que a nossa história, a nossa tradição morra...temos que mostrar às gerações mais novas como as coisas se faziam antigamente. A malhada do feijão é uma prática agrícola que tem muito valor para a terra”. Pedro Dias refere também que a produção da semente em causa é feita totalmente nos terrenos da freguesia: “tudo é feito cá...penso que isso ainda torna a atividade mais especial para a população local”. Mais para o final, mas não com menos relevo, o autarca afirma com orgulho que “é um gosto fazer parte da Rota das Colheitas. É um evento importante para a promoção e dinamização da cultura tradicional de Vila Verde e fico contente por a Loureira integrar a programação”. A malhada de feijão decorre já no próximo domingo, dia 12 de agosto, durante o Arraial do Emigrante, na Loureira.

Município de Vila Verde, 10.8.2018

 

 

 


Bem-vindo Bem-vindo

A Internet é o principal veículo de comunicação de que as pessoas se servem, no seu dia-a-dia, em todo o mundo, tanto na sua vida pessoal como no desempenho da atividade profissional. Todas as organizações modernas têm nos seus sites uma janela aberta ao mundo e uma plataforma de comunicação e de interação com o seu público-alvo. Estaremos sempre abertos à inovação e recetivos a sugestões que nos ajudem a continuar a construir um Concelho próspero onde todos gostem de viver e se realizem profissionalmente.