Pular para o conteúdo
 Facebook  Flickr  Issuu  YouTube  Instagram  Newsletter - Juntos Fazemos Vila Verde

           

Notícias Notícias

Voltar

LANÇAMENTO DA 1.ª PEDRA DA ADEGA CULTURAL DE VILA VERDE - Adega convertida em moderno Centro de Artes e Espetáculos

Mais de 15 000 m2 ao serviço da cultura e da economia

Realizou-se esta tarde a cerimónia de lançamento da 1.ª pedra da obra da Adega Cultural de Vila Verde, para a requalificação do edifício da antiga da Adega Cooperativa de Vila Verde.

O evento, que contou com a presença do Presidente da CCDR - Norte, Prof. Dr. Fernando Freire de Sousa, do Presidente da Câmara Municipal e do Presidente da Assembleia Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela e Dr. Carlos Arantes, respetivamente, do secretário executivo da CIM Cávado, Engº Luís Macedo, da vereação do executivo municipal, dos presidentes de juntas e outras entidades e convidados, assinalou o arranque das obras que vão transformar aquele edifício num Centro de Artes e Espetáculos.

A cerimónia de Lançamento da 1ª Pedra desta Adega Cultural foi abrilhantada pelo Rancho Típico e Infantil de Vila Verde e contou, ainda, com a belíssima atuação da talentosa guitarrista, Margarida Veloso, aluna da Academia de Música de Vila Verde. No final, os alunos do ATL de Vila Verde fizeram questão de cantar a típica Marcha de Vila Verde, encantando todos os presentes, de onde se seguiu uma visita à obra.

O principal objetivo deste projeto da Câmara Municipal, co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, é promover a qualidade ambiental, urbanística e paisagística do centro urbano de Vila Verde, através da recuperação e refuncionalização do antigo edifício da adega para Centro de Artes e Espetáculos e reabilitação do espaço público envolvente.

A empreitada foi adjudicada por um valor próximo dos 2 milhões e 700 mil euros e deverá ser executada em 540 dias.

Com uma área total superior a 15 000 m2, este equipamento, que representa um investimento global próximo dos 2 milhões e 700 mil euros, vai apresentar uma área coberta de mais de 7 000m2 onde funcionarão várias valências que vão permitir o desenvolvimento de diversas atividades de dinamização económica e cultural.

A este nível, destacam-se o mercado de produtos locais, principalmente associados às atividades agrícola e artesanal; um espaço museológico e um espaço que proporcionará a realização de exposições temporárias, assim como uma ampla área destinada à concretização de grandes eventos e espetáculos.

A reabilitação do espaço envolvente vai permitir a criação de uma área de lazer ao ar livre com mais de 8 000 m2 que inclui zonas verdes, um parque infantil, um campo de Padel e um parque de skate.

Inserida num plano de ação mais global, que visa a reabilitação e o consequente reforço da atratividade das zonas urbanas concelhias, a Câmara Municipal de Vila Verde está, assim, a dar mais um impulso significativo no sentido do reaproveitamento e revalorização de um espaço com elevadas potencialidades que vai constituir uma nova centralidade com uma forte dinâmica cultural e económica e também com uma importante componente de lazer e recreio.

A existência, naquela zona da sede concelhia, de outros equipamentos e serviços igualmente relevantes, nomeadamente o Centro de Artes e Cultura e o novo quartel da GNR, vai permitir o desenvolvimento de um trabalho de articulação e de complementaridade, através do estabelecimento de parcerias que vão conferir novas dinâmicas e cativar diferentes públicos para atividades e eventos marcantes e com um forte impacto local e regional.

Esta empreitada consubstancia uma reinterpretação do imóvel no seu todo, através da recuperação integral do mesmo e da sua refuncionalização, visando, assim, a definição der um “novo caminho” e de um “novo futuro” para este emblemático edifício, ancorado no seu simbolismo e no seu valor histórico.

Com efeito, embora o objetivo central seja a criação de um novo, amplo e funcional espaço das Artes e dos Espetáculos de Vila Verde, colocará ainda o acento tónico no reconhecimento da relevância do vinho e da vinha e dará um importante contributo para a perpetuação dos mesmos, pela forte carga simbólica que lhes está associada e pela importância que tiveram e continuam a ter num concelho de inegável pendor rural. Neste sentido, nascerá um espaço museológico que vai aproveitar as estruturas das cubas que ainda ali se encontram.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, considera que “o Município de Vila Verde elegeu a reabilitação urbana e a criação de condições para a elevação do dinamismo económico e cultural dos principais núcleos urbanos do concelho como um dos grandes pilares da estratégia de desenvolvimento e de modernização do território concelhio.”

Na perspetiva do mesmo Edil, “a zona onde o antigo edifício da Adega Cooperativa de Vila Verde se encontra, pela sua centralidade e pela dimensão que apresenta, possui imensas potencialidades que vão continuar a ser otimizadas para, num futuro próximo, também ali nascer o parque urbano da Vila.

O Dr. António Vilela sublinha ainda que, “além de tudo estar a ser feito para que os Vilaverdenses se sintam efetivamente bem no seu concelho e para que todas as gerações encontrem no território concelhio excelentes condições de vida, é igualmente fundamental criar novas âncoras de desenvolvimento que atraiam novos residentes e cativem projetos de investimento que criem riqueza e postos de trabalho.”

Segundo o Presidente da CCDR Norte, Prof. Doutor Fernando Freire de Sousa, «A forma como Vila Verde utiliza o dinheiro da regeneração urbana é muito positiva. A ideia de fazer uma Adega Cultural é o prolongamento da tradição e modernidade, palavras que tão bem caracterizam este concelho.

Fernando Freire afirmou, ainda, que «Este projeto, além de deixar bem explícita a vertente cultural de Vila Verde, vai fazer com que a região ofereça um enorme contributo na exportação de produtos regionais e com que o concelho se afirme, ainda mais, em contexto nacional"

Município de Vila Verde, 9.8.2018

 

GALERIA FOTOGRÁFICA

 


Bem-vindo Bem-vindo

A Internet é o principal veículo de comunicação de que as pessoas se servem, no seu dia-a-dia, em todo o mundo, tanto na sua vida pessoal como no desempenho da atividade profissional. Todas as organizações modernas têm nos seus sites uma janela aberta ao mundo e uma plataforma de comunicação e de interação com o seu público-alvo. Estaremos sempre abertos à inovação e recetivos a sugestões que nos ajudem a continuar a construir um Concelho próspero onde todos gostem de viver e se realizem profissionalmente.            

 

                      Vila Verde Incentiva +

Documentos recentes Documentos recentes

FICHA TÉCNICA

Conceção geral, design gráfico e execução técnica
Unidade de Inovação e Conhecimento, Unidade de Sistemas de Informação

Edição e manutenção
Serviços do Município de Vila Verde

 Agradece-se a comunicação de qualquer anomalia técnica ou outro tipo de dificuldade relacionada com a utilização do site. Para o efeito, envie email para helpdesk@cm-vilaverde.pt.
Este projeto foi cofinanciado pelo projeto Cávado Digital MAIS (POVT)

PROTEÇÃO DE DADOS

Apenas deve fornecer os dados pessoais necessários para a prestação do serviço solicitado, nomeadamente para ser capaz de aceder a qualquer um dos serviços no sítio que possuam gestão de processos especificos dependentes do utilizador.
Estes dados serão incorporados nos arquivos correspondentes no Município de Vila Verde e serão tratados em conformidade com o regulamento estabelecido por lei.
Os dados recolhidos apenas serão objeto de transferência, sempre que apropriado, com o consentimento da pessoa em questão ou em conformidade com a referida legislação de protecção de dados.
As pessoas cujos dados pessoais, contidos nos ficheiros do Município de Vila Verde, podem exercer os seus direitos de acesso, rectificação, cancelamento e oposição, na forma prevista pela lei, antes do envio para o arquivo.

AVISO LEGAL

O Município de Vila Verde, através de seu portal na Web fornece informações de interesse geral do concelho de Vila Verde, em especial, a informação e os esforços da organização municipal. A informação fornecida é atual no momento da sua publicação.
O Município de Vila Verde pretende que esta informação seja exata e precisa e procede à sua atualização com a maior frequência possível, tentando evitar erros e corrigi-los, assim que os deteta. No entanto, o Município de Vila Verde não pode garantir a ausência de erros ou que o conteúdo da informação seja permanentemente atualizado.
O Município de Vila Verde pode levar a cabo a qualquer momento e sem aviso prévio, modificações, supressões ou alterações das informações publicadas ou ser capaz de alterar a configuração ou a apresentação.
O acesso ao portal da Web, bem como a utilização das informações que ele contém, são da exclusiva responsabilidade do utilizador. O Município de Vila Verde não é responsável por quaisquer danos que possam decorrer destes factos, nem pode garantir que o acesso não seja interrompido, ou que o conteúdo ou software acedido esteja livre de erros ou causa de dano.
As informações prestadas em resposta a qualquer pergunta ou pedido de informação são meramente indicativas e em nenhum caso será vinculativa para a resolução de procedimentos administrativos, que são estritamente sujeitos às normas legais ou regulamentares que sejam aplicáveis.
Os conteúdos publicados incluem links para páginas de terceiros, web sites, principalmente de outras entidades públicas, que são considerados como podendo ser de interesse para os utilizadores do Portal. O Município de Vila Verde não assume qualquer responsabilidade derivada das ligações ou do conteúdo desses links.