Carta Educativa Carta Educativa

Carta Educativa

A Carta Educativa do Município de Vila Verde foi aprovada e homologada pela Ministra da Educação, numa cerimónia pública que decorreu em Viana do Castelo no dia 20 de Dezembro de 2006. Trata-se de...

Conselho Municipal de Educação Conselho Municipal de Educação

Conselho Municipal de Educação

O Decreto – Lei nº 7/2003, de 15 de janeiro, alterado pelas Leis  n.os 41/2003, de 22 de...

Notícias Notícias

Voltar

Professora ensina alunos a produzir "Sabão Artesanal" e alerta para a importância da reutilização de materiais

Os alunos do 3º e 4º ano da Escola Básica de Moure aprenderam a produzir "Sabão Artesanal", num workshop ministrado pela Prof. Graça Pereira, esta tarde, 3 de março, naquele estabelecimento de ensino. Esta foi uma atividade conjunta promovida pelo Município de Vila Verde e pelo Agrupamento de Escola de Moure e Ribeira do Neiva, para assinalar "Março, mês do Ambiente".

A professora Graça Pereira iniciou este workshop referindo que a Escola Básica de Moure é uma Eco escolas, portanto, tem o dever de poupar água, reduzir o gasto de energia, reutilizar resíduos. Logo, o fabrico de sabão caseiro é algo que se enquadra nesses princípios, uma vez que no seu fabrico se reutiliza azeite ou óleo usado.

Ao reciclar o óleo usado está-se a retirar uma grande carga poluente que de outra forma seria conduzida às ETAR causando custos acrescidos para promover a despoluição dessa água.

O óleo usado serve para fabricar sabão, velas e ainda biodiesel, um combustível amigo do ambiente, consumido por alguns autocarros que circulam em Braga, deixando um “cheiro a batatas fritas”. Portanto, se reciclarmos o óleo usado não poluímos a água, reutiliza-se lixo, poupa-se energia e dinheiro e podemos lavar a roupa eficazmente.

No fabrico do sabão é importante que se atente a algumas regras de segurança associadas ao uso da soda cáustica, que é um produto químico perigoso que pode provocar queimaduras, dai que seja importante ser feito por adultos, num local bem arejado e usar sempre luvas. 

Para fabricar sabão basta usar 2 litros de água, 0,5Kg de Soda Cáustica, 3 litros de óleo usado, 1 chávena de detergente em pó, adicionando os produtos por esta ordem e mexendo regularmente para envolver os ingredientes durante cerca de 30 min. No final obtém-se uma substância liquida a uma elevada temperatura que deve ser distribuída cuidadosamente, com o auxilio de uma concha, por embalagens reutilizadas, de manteiga por exemplo. Em seguida, deixa-se repousar durante 1 mês. Findo esse tempo desenforma-se esse sabão e deixa-se repousar, mais uma vez, durante 1 mês ao ar livre, num local exposto à luz solar. Por fim, após todo esse processo já se pode dar uso ao sabão caseiro que produzimos e deixar a roupa, branca, a brilhar. Por fim, importa realçar que o processo de fabricação de sabão resulta de uma reação química denominada saponificação, que envolve uma reação de uma gordura (óleo) com uma base forte (Soda Cáustica) e a ocorrência de aquecimento durante o processo.

No final desta atividade foi hasteada a Bandeira Eco Escolas pelos dirigentes desta escola e pelo Dr. Patrício Araújo, Vereador do Município de Vila Verde, como forma de mostrar o envolvimento desta escola neste projeto educativo internacional, promovido pela Fundação para a Educação Ambiental (Foundation for Environmental Education - FEE ), cuja secção portuguesa é a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE).

GALERIA FOTOGRÁFICA


Projectos e atividades Projectos e atividades

Refeições Escolares

O fornecimento das refeições escolares é da competência dos municípios no que respeita à educação pré-escolar e ao 1.º ciclo do ensino básico da rede pública. No âmbito do “ Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré-escolar ” e do “ Programa de Generalização de Refeições...

Regime da Fruta Escolar

O Regime de Fruta Escolar (RFE) resulta de uma iniciativa da União Europeia (UE) para promover hábitos saudáveis e uma dieta equilibrada entre as crianças, tendo em mente um grande objetivo – mudar os seus hábitos alimentares, para reduzir a obesidade infantil na Europa (cerca de 22 milhões...

Escola + Verde

PROJETO ESCOLA + VERDE O Município decidiu dar continuidade ao Projeto Escola+Verde, pois considera importante que se continue a trabalhar as temáticas ambientais com vista a atenuar algumas falhas que possam existir. As atividades  ter ão início no primeiro período e decorrerão...

PEA Plataforma de Ensino Assistido

A plataforma de ensino assistido utilizada ao longo dos últimos anos, teve na sua génese a necessidade de implementar uma gestão mais eficiente dos processos ligados ao setor da educação, bem como, disponibilizar conteúdos programáticos à comunidade escolar do 1º ciclo do ensino...

Ações de Formação - Documentação

Atendendo à função cada vez mais interventiva dos Municípios no processo educativo das suas comunidades, o Serviço de Educação tem promovido ações de formação, em parceria com várias entidades, em áreas fundamentais para o desenvolvimento de atividades de qualidade, ajustadas às necessidades das...