Gastronomia Tradicional Gastronomia Tradicional

A gastronomia minhota é muito rica e diversificada. De várias gerações recebemos essa herança cultural que muito nos enriquece e orgulha.
Hoje, numa atitude de respeito pelos hábitos de uma comunidade multi-secular, continuamos na recolha e preservação desse património cultural. Quem visita Vila Verde não fica indiferente à cozinha tradicional servida nos restaurantes, tabernas, tascas típicas das festas, feiras e romarias, no alojamento turístico do espaço rural, bem como no aconchego familiar.
Nos dias festivos das festas religiosas dos santos padroeiros que ocorrem ao longo de todo o ano, no Carnaval, Páscoa, Natal, Corpo de Deus, casamentos, baptizados, bem como, embora mais contido no dia-a-dia, os vilaverdenses orgulham-se de apresentar uma boa mesa. Ainda é também através dela que se mostra o poder económico. Rojões à moda do Minho, papas de sarrabulho, arroz de frango "pica no chão", cozido à portuguesa, caldo verde, sempre acompanhado pela broa de milho, cabrito assado no forno, vitela barrosã criada na Serra do Gerês, bacalhau, coelho à caçador, pataniscas de bacalhau, enchidos e o presunto.
Ao nível da sobremesa, rabanadas, aletria, creme queimado, pão-de-ló, sonhos, formigos, pudim de ovos e pudim Abade de Priscos, são uma pequena amostra das iguarias com que se pode deliciar. O vinho verde de grande qualidade, produzido na região, nas encostas de Vila Verde, Amares, Terras de Bouro e Póvoa de Lanhoso, é um elemento indispensável que acompanha muito bem esta suculenta gastronomia, muitas vezes também como ingrediente, dando-lhe um paladar único em todo o mundo.

Receitas de sopas     

CALDO DE FARINHA MILHA
Ingredientes para 6 pessoas:
250 g couves galegas
150 g feijão amarelo
Carne de porco salgada pode ser toucinho ou um osso com carne
3 colheres de sopa de farinha de milho peneirada
Sal
Azeite
Preparação:
Põe-se os feijões a cozer juntando-lhes um fio de azeite. Depois de cozidos deita-se o toucinho ou outra carne de porco e deixa-se ferver até ficarem cozidos. Quando estiverem cozidos, deitam-se as couves galegas cortadas ás tiras mais grossas do que as do caldo verde, deixa-se cozer um pouco e tempera-se com sal. Por fim desfaz-se a farinha em água e deita-se no caldo, deixa-se levantar fervura e está pronto.

CALDO DE NABIÇAS
Ingredientes para 6 pessoas:
Nabiças
Carne de porco salgada
3 colheres de sopa de farinha de milho peneirada
1 fio de azeite
Sal
Preparação:
Põe-se a cozer a carne de porco, quando estiver cozida deitam-se as nabiças cortadas ás tiras fininhas e deixa-se cozer um pouco. Por fim desfaz-se a farinha em água e deita-se no caldo, deixa-se levantar fervura e está pronto, temperando-se anteriormente com sal e um fio de azeite.

SOPA DE PERDIZ
Ingredientes:
1 perdiz
100 g de feijão branco
6 batatas médias
3 cenouras médias
½ ramo de salsa pequeno
100 g de presunto
1 cebola média
sal
Preparação:
Põe-se a perdiz a cozer com o feijão, depois acrescenta-se as batatas e as cenouras cortadas aos bocadinhos e um fio de azeite. Quando tudo estiver bem cozido, retira-se a perdiz e desfia-se retirando os ossos e a pele e volta-se a deitar novamente a perdiz na sopa com o presunto cortado aos bocados e a salsa que depois de estar cozida se retira e tempera-se com sal. Deixa-se cozer um pouco mais até o presunto estar bem cozido e acrescenta-se um fio de azeite.
A perdiz deve ser brava de preferência.

CALDO DE MALHADAS
Ingredientes:
3 litros de água
150 g Feijão branco ou amarelo
250g de couve galega
Carne de porco já salgada
500 g de batatas brancas
1 fio de azeite
Sal
Preparação:
Põe-se os feijões a cozer juntando-lhes um fio de azeite. Depois, acrescenta-se a carne de porco e as batatas e deixa-se ferver até ficarem bem cozidos. Quando tudo estiver bem cozido, esmagam-se as batatas e os feijões podem ou não ser esmagados. Por fim deitam-se as couves galegas cortadas às tiras mais grossas do que as do caldo verde e deixa-se cozer um pouco e tempera-se com sal.

CALDO DE NABOS
Ingredientes:
500 gr de feijão
1 kg de nabos
250 gr de cenouras
500 gr de batata
1 fio de azeite
Sal
1cebola
2 dentes de alho
Preparação:
Põe-se os feijões a cozer juntando-lhes um fio de azeite. Decorridos 20 minutos acrescentam-se as batatas e as cenouras. Quando estiver tudo bem cozido, esmaga-se tudo muito bem. Os feijões podem ser esmagados ou não. Por fim, acrescentam-se os nabos cortados em cubos pequenos, tempera-se com sal e deixa-se ferver. Quando estiverem cozidos deita-se um fio de azeite e retira-se do lume.

CALDO DE CASTANHAS
Ingredientes:
3 Litros de água
1 Kg de batatas
500 gr de castanhas
250 gr de cebolas
Sal
500 gr. de feijão
100 gr de carne de porco
Preparação:
Põe-se os feijões a cozer juntando-lhes um fio de azeite. Decorridos 20 minutos acrescentam-se as batatas, a carne de porco e as cebolas. Quando estiver tudo bem cozido, esmaga-se tudo muito bem. Por fim, tempera-se com sal e acrescentam-se as castanhas assadas partidas em quatro partes e retira-se de imediato do lume...

Receitas de peixe 

PATANISCAS DE BACALHAU
Ingredientes:
5 postas médias de bacalhau já demolhado
12 ovos caseiros
200 g farinha triga
Salsa
1 cebola média
1 dente de alho
1 colher de café de fermento em pó
1 colher de sopa de azeite
1 fio de azeite
Óleo ou azeite para fritar
Preparação:
Deita-se água fervida, ainda quente, por cima do bacalhau já desfiado e da cebola cortada miudinha, esmaga-se tudo muito bem com as mãos.
Bate-se os ovos com a farinha, depois junta-se o bacalhau, a salsa, o alho, o fermento e um fio de azeite e mexe-se tudo muito bem.
Deita-se numa frigideira em óleo ou azeite bem quente.
Esta massa não pode ficar seca.

BOLINHOS DE BACALHAU
Ingredientes:
5 postas médias de bacalhau já demolhado
5 ovos caseiros
500 g batatas
Salsa
1 dente de alho
Óleo para fritar
1 fio de azeite
Preparação:
Deita-se água fervida ainda quente por cima do bacalhau já desfiado e da cebola cortada miudinha, esmaga-se tudo muito bem com as mãos.
Bate-se os ovos, junta-se o bacalhau, a salsa, o alho, o fermento, as batatas cozidas e temperadas e um fio de azeite e mexe-se tudo muito bem.
Com a ajuda de duas colheres de sopa fazem-se os bolinhos.
Deita-se numa frigideira em óleo ou azeite bem quente.

PUNHETAS DE BACALHAU
Ingredientes:
2 postas médias de bacalhau do lombo
1 cebola média
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de vinagre
2 dentes de alho
Preparação:
Cortam-se postas do lombo do bacalhau sem demolhar e desfia-se.
Passa-se por água várias vezes para retirar o excesso de sal, depois enxuga-se com um pano.
Coloca-se numa travessa e por cima colocam-se rodelas de cebola, azeite, alhos cortados muito pequenos e o vinagre.
Pode ser também servido com miolo de pão milho desfeito colocado por cima do bacalhau.

ARROZ FRESCO DE BACALHAU
Ingredientes:
400 g de arroz
4 postas médias de bacalhau
3 colheres de sopa de azeite
2 cebolas médias
2 dentes de alho
4 hastes de salsa
Preparação:
Faz-se o estrugido com bastante cebola, quando estiver loura deita-se um pouco de água e deixa-se ferver um bocadinho, depois acrescenta-se o bacalhau desfeito com pele e espinhas já demolhado, o alho e a salsa. Deixa-se refogar e depois acrescenta-se um pouco mais de água para ficar solto e deita-se o arroz, prova-se para ver se necessita de sal.
Este prato pode ser também confeccionado com o bacalhau por demolhar, no entanto, terá de ser muito bem lavado para retirar o excesso de sal.

ARROZ DE NETOS
Ingredientes:
400 g de arroz
4 postas médias de bacalhau
3 colheres de sopa de azeite
2 cebolas médias
2 dentes de alho
Espigos de couves (netos)
Preparação:
Faz-se o estrugido com bastante cebola, quando estiver loura deita-se um pouco de água e deixa-se ferver um bocadinho, depois acrescenta-se o bacalhau desfeito com pele e espinhas já demolhado e o alho. Deixa-se refogar e depois acrescenta-se um pouco mais de água para ficar solto, deita-se o arroz e os espigos, prova-se para ver se necessita de sal.
Este prato pode ser também confeccionado com o bacalhau por demolhar no entanto terá de ser muito bem lavado para retirar o excesso de sal.

AÇORDA DE BACALHAU
Ingredientes:
2 postas médias de bacalhau
3 colheres de sopa de azeite
2 cebolas médias
2 dentes de alho
6 pães
2 ovos
salsa
Preparação:
Faz-se o estrugido com bastante cebola, quando estiver loura deita-se um pouco de água e deixa-se ferver um bocadinho, depois acrescenta-se o bacalhau desfeito já demolhado o alho e a salsa. Deixa-se refogar e acrescenta-se um pouco mais de água, depois deita-se o pão cortado aos bocados e deixa-se cozer um pouco, de seguida prova-se para ver se necessita de sal.
Pode também fazer ovos escalfados colocando-os por cima da açorda com a panela tapada.


Receitas de carne    

PAPAS DE SARRABULHO
Ingredientes:
1 galinha caseira
1 pernil de porco temperado
200 g carne de vaca
200 g sangue de porco cozido (verde)
8 pães (deve ser um pouco duro)
4 cebolas médias
2 dentes de alho
1 colher de sopa de cominhos
1 colher de café de pimenta
1 fio de azeite
2 folhas de louro
½ ramo de salsa
sal
Preparação:
Deitam-se as carnes a cozer numa panela em água temperada com sal, quando estiverem muito bem cozidas desfiam-se, retirando as peles e os ossos.
Na água, deitam-se as cebolas picadas, os alhos, o louro, um fio de azeite, cominhos, pimenta e salsa. Acrescenta-se o sangue cozido (verde), bem desfeito, o pão, também muito bem desfeito, e as carnes desfiadas, mexendo sempre para não agarrar. A salsa e o alho retiram-se antes de servir.

BOLACHO (FARINHOTES)
Ingredientes:
1 kg farinha milha peneirada
0.5 kg farinha centeia
0,5 lit. sangue de porco com vinho tinto
0,5 lit. água
2 dentes de alho
2 colheres de café de pimenta
2 colheres de café de cominhos
1 folha de louro
10 g fermento de padeiro
Sal
Preparação:
Ao sangue com o vinho tinto junta-se a pimenta, cominhos, louro e alho.
Peneiram-se as farinhas e amassa-se com o fermento, o sangue, a água e o sal.
Deixa-se levedar cerca de 1,30 horas (quando a massa abrir está levedada).
Depois, fazem-se rolinhos e põem-se a cozer em água a ferver, colocando-se um de cada vez na água para não se colarem (depois de uns segundos já não se colam), e deixam-se cozer. Quando começam a subir estão cozidos.

TRIPAS DE PORCO
Ingredientes:
Limão
Sal
Louro
Alho
Óleo
500 g farinha milha
1 kg tripa de porco
Preparação:
Depois de muito bem lavadas as tripas põe-se a marinar de um dia para o outro em água, sal, limão, louro e alho.
No dia seguinte voltam-se a lavar muito bem em água.
Do avesso, passam-se muito bem por farinha milha seca e peneirada, viram-se ao contrário e põe-se a cozer em água aferver. Depois de cozidas e frias fritam-se em óleo bem quente.

ROJÕES ROJADOS
Ingredientes para 6 pessoas:
Sal
1 colher de sopa de banha de porco – pingue
Pimenta ou piri-piri
1 colher de chá de cominhos
2 copos de vinho branco
1 copo de vinho tinto
1 folha de louro
1 kg de carne de porco
Preparação:
Corta-se a carne de porco aos bocados e leva-se a marinar em lume brando com o pingue e tempera-se com todos os ingredientes, mexendo de vez e quando. O vinho necessitará da quantidade acima referida ou não, uma vez que depende da gordura que a carne tem, quanto mais gorda menos precisa de vinho.
Como antigamente não havia frigorífico, para além de conservar os alimentos em sal ou fumo, esta técnica de cozinhar a carne de porco em pingue também conservava os alimentos por muitos dias. Muitas vezes as mulheres dos emigrantes usavam esta técnica quando matavam o porco, para quando o marido viesse passar férias a Portugal poder saborear esta iguaria.
Apenas retiravam dos potes de barro o que queriam e aqueciam.
Com o pingue também se “adubava” o caldo, muitas pessoas diziam que este caldo com o pingue fazia muito bem aos homens.
O pingue servia igualmente para untarem os jugos e o cachaço do gado bovino.
Sem sal, servia também para untarem as botas de trabalho que os homens compravam na feira. Isto servia para não entrar a água.

ARROZ PICA NO CHÃO
Ingredientes:
1 frango caseiro com cerca de 1.200 kg
0,5 kg arroz
1 cebola
5 hastes de salsa
2 dentes de alho
Pimenta
3 colheres de sopa de azeite
1 folha de louro
Sangue do frango com 2 colheres de sopa de vinagre de vinho ou 3 colheres de sopa de vinho tinto
Preparação:
Faz-se o estrugido com a cebola e o azeite, quando a cebola estiver a ficar loura deita-se um pouco de água e deixa-se ferver um pouco. Junta-se o frango cortado aos bocados, a salsa, os alhos, a pimenta e o louro e tempera-se com sal. Deixa-se estufar em lume brando, quando estiver quase cozido acrescenta-se mais água e junta-se o arroz. Depois em lume brando deita-se o sangue mexendo bem e em lume brando.

ROJÕES COM SARRABULHO
A acompanhar as papas de sarrabulho servem-se os rojões , os farinhotes e as tripas fritos, cortados ás rodelas pequenas, bem como o fígado e o verde também fritos cortados aos bocados.

ARROZ DE "MIÚDOS" DE PORCO NO POTE
Ingredientes:
1 kg miúdos de porco
1 cebola
2 folhas de louro
3 dentes de alho
1 kg de arroz
Azeite
Sal
Preparação:
Põem-se os miúdos de porco a cozer no pote com água temperada com sal, cebola picada, alhos, sal e louro.
Quando estiverem cozidos, retiram-se do pote e cortam-se aos bocadinhos. Aproveitando a água que cozeu os miúdos, deita-se o arroz acrescentando o azeite, os miúdos e um ramo de salsa que depois se retira antes de servir.

COELHO À CAÇADOR
Ingredientes:
1 coelho bravo
2 copo de vinho tinto
2 dentes de alho
2 folhas de louro
Sal
Pimenta
Cominhos
3 colheres de azeite
1 cebola média
2,5 kg Batatas
Preparação:
Põe-se o coelho cortado aos bocados de uma dia para o outro com o vinho, alhos, pimenta, cominhos, louro e sal.
Faz-se um estrugido com cebola cortada ás rodelas ou picada, quando estiver loura deita-se um pouco de água e deixa-se puxar um bocado, de seguida deita-se o coelho com um pouco de calda e um pouco de água e deixa-se cozer em lume médio.
À parte descascam-se as batatas de tamanho médio cortadas a meio e cozem-se em água e sal.
Servem-se numa travessa e por cima coloca-se o coelho com o molho em que cozeu.
Ao invés de ser servido com batatas poderá ser acompanhado de torradas.

BOLACHOS BRANCOS
Ingredientes:
Farinha triga
Farinha centeia
Cominhos
Fermento
Alho
Sal
Preparação:
Mistura-se tudo, com um pouco de água e deixa-se levedar. Depois fazem-se rolos estreitos com esta massa, levam-se a cozer numa panela, quando a água estiver a ferver deitam-se os bolachos e coloca-se uma colher de sopa para os bolachos não se pegarem uns aos outros.

CABRITO ASSADO
Ingredientes:
1,5 kilo de cabrito
2 cebola
1 chavena chá azeite
1 colher de sopa de vaqueiro
1 colher sopa colorau
Vinha de Alho
0,5 litro vinho verde tinto
2 folhas louro
4 dentes alho
1 colher sopa pimenta
sal a gosto
Preparação:
Põe-se o cabrito previamente cortado em pedaços em vinha de alho durante 24 horas.
Corta-se cebola ás rodelas bem grossas para uma caçarola em barro, retira-se o cabrito da vinha de alho e junta-se à cebola.
À vinha de alho junta-se o colorau, a margarina, o azeite e mexe-se muito bem. De seguida rega-se o cabrito com metade da vinha de alho e leva-se ao forno a assar.
Após ter assado 30 minutos, vira-se o cabrito na caçarola e rega-se com o restante molho da vinha de alho e deixa-se assar até alourar.
Acompanha com batata assada na própria caçarola.


Sobremesas  

RABANADAS
Ingredientes:
12 fatias de pão (petim)
6 ovos inteiros
1 litro leite
1 cálice de Vinho do Porto
Molho
1 cálice de Vinho do Porto
1 copo de água
Canela
200 g de açúcar
1 casca de laranja
50 g de pinhões
50 g uvas passas
1 colher sopa de mel
0,5 copo de vinho branco
Preparação:
Corta-se o pão ás fatias, de preferência pão com dois dias pois está mais duro. Junta-se os ovos no leite e o Vinho do Porto. Bate-se tudo muito bem. Passa-se o pão por este preparado e leva-se a fritar em óleo bem quente.
Molho
Coloca-se num tacho água, vinho branco, vinho do Porto, mel, açúcar a casca de laranja e pau de canela, deixa-se ferver até ficar em ponto e por fim acrescentam-se os pinhões e as uvas.
Rega-se por cima das rabanadas. Podem ser servidas quentes ou frias.

SONHOS
Ingredientes:
1 l de água
1 kg farinha triga
1 pau de canela
1 colher de sopa manteiga
1 pitada de sal
18 ovos inteiros
limão
açúcar
Preparação:
Deita-se numa panela a água e põe-se a ferver com a casca de limão, o pau de canela, manteiga e o sal e deixa-se ferver 3 minutos. Tira-se a casca de limão e o pau de canela, deita-se a farinha mexendo sempre até ficar cozida.
Tira-se a massa da panela para cima duma mesa, polvilha-se com um pouco de farinha para não agarrar e bate-se a massa até arrefecer . Deita-se numa bacia e vai-se amassando, deitando dois ovos de cada vez que a massa vai ficando presa.
Numa frigideira deita-se óleo deixando aquecer muito bem e com uma colher de sobremesa deita-se meia colher de massa nesse óleo, quando estiverem louros viram-se.
A massa pode ser batida com uma batedeira eléctrica, deitando dois ovos de cada vez sempre que a massa fica presa.
Depois de fritos passam-se por açúcar misturado com canela moída.
Pode ser servido também com o molho das rabanadas.

FORMIGOS
Ingredientes:
1 lit. Água
6 pães ou cacete
30 g nozes
30 g pinhões
3 colheres sopa mel
100 g açúcar
30 g uva passas
20 g avelãs
1 cálice de vinho do Porto
Preparação:
Põe-se a água a ferver com o açúcar, o mel, os frutos secos, o vinho do Porto e deixa-se ferver durante 10 minutos.
Depois junta-se aos poucos o pão cortado em fatias finas e deixa-se ferver mais uns breves minutos ( a colher de pau deverá segurar-se de pé), por fim retira-se do lume, deita-se em pratos e decora-se com canela moída.

ALETRIA
Ingredientes:
2 lit. De água
500 g de aletria
200 g de açúcar
1 casca de limão
4 ovos
canela
200 g de manteiga
1 cálice de vinho do porto
Preparação:
Põe-se a ferver a água com o açúcar a manteiga e casca de limão. Quando a água começar a ferver junta-se a aletria e deixa-se cozer em lume brando por uns minutos. Retira-se do lume e juntam-se as gemas dos ovos já batidas e leva-se novamente a cozer em lume brando mexendo sempre sem parar para não agarrar.
Deita-se em travessas e decora-se com canela moída.

PUDIM ABADE DE PRISCOS
Ingredientes:
½ lit. água
½ kg açúcar
1 casca de limão
15 ovos
50 g de presunto
1 pau de canela
1 cálice de vinho do Porto
Preparação:
Põe-se a água a ferver com a casca de limão, pau de canela, açúcar e o presunto. Quando esta calda estiver em meio ponto passa-se por um coador de rede fina. Separam-se 15 gemas e batem-se bem batidas, junta-se um cálice de vinho do Porto e batem-se novamente. À calda junta-se as gemas com o vinho do Porto.
Deita-se numa forma barrada de açúcar queimado e vai a cozer em banho-maria tapada durante cerca de quarenta e cinco minutos.
Estas receitas excepto o Pudim Abade de Priscos e os bolachos brancos foram fornecidas pelo Sr. Abílio e a D. Rosa Cerqueira funcionários desta Câmara Municipal.
Os bolachos brancos foi receita fornecida pelo Sr. Manuel Fernandes de Carvalho, 62 anos e Maria Delfina Pimentel Martins, 55 anos, freguesia de Sande.
Este petisco faz-se no Carnaval.

 

Blogueiros recentes Blogueiros recentes

admin
Mensagens: 8
Estrelas: 0
Data: 21/01/16